blog
da ziny confira nossas postagens

capa-blog-cap-02

E-commerce: Pesquisa indica Aumento no Faturamento Médio de Lojas Virtuais em 2015


Este é o segundo capítulo da série especial sobre a 32ª edição do WebShoppers, o mais respeitado levantamento sobre E-commerce do Brasil. A primeira parte pode ser consultada aqui. Todo o conteúdo da Agência Ziny é produzido exclusivamente pela nossa equipe.

Nesta segunda parte, apontamos os resultados aferidos pela pesquisa sobre a expectativa do comércio eletrônico brasileiro para o final de ano, que refletem o crescimento dos últimos quatro anos. São projeções divulgadas no levantamento realizado pela E-bit, o que credencia e embasa ainda mais os números apresentados.

 

Pesquisa indica aumento no faturamento médio de lojas virtuais em 2015

Mesmo com projeções pouco otimistas na economia, a expectativa do comércio eletrônico brasileiro é de que o setor feche o ano com um crescimento médio de 15% em relação a 2014, atingindo um faturamento de R$ 41,2 bilhões.

Também é esperado que o volume de pedidos chegue a um total de 108,2 milhões, número 5% maior se comparado ao ano passado. Segundo estimativas, o tíquete médio para o período de fechamento do ano deve ser de R$ 381, crescimento de 10% em relação a 2014.

A intenção de compra para o 3º trimestre deste ano, revelada em agosto, também era positiva. De acordo com o Provar (Programa de Administração do Varejo), 86,59% dos entrevistados iriam fazer compras pela internet entre os meses julho e setembro.

“Levando em consideração o ano como um todo, a intenção de compra online dos e-consumidores em 2015 atingiu patamares maiores do que em períodos anteriores, o que nos mostra que em momentos de instabilidade econômica, o consumidor enxerga a internet como um canal para comprar produtos de forma planejada e com melhor custo-benefício”. Cláudio Felisoni de Angelo, presidente do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo) e idealizador do Provar.

Infográfico sobre a Evolução das Vendas no Comércio Eletrônico Brasileiro em 2015
Infográfico sobre a Evolução das Vendas no Comércio Eletrônico Brasileiro em 2015

 

No último capítulo preparado para os nossos leitores, à disposição a partir da semana que vem, traremos mais dados sobre o perfil de consumo do brasileiro na web. Você poderá compreender o papel dos dispositivos móveis na realidade das empresas e consumidores. Além disso, se antever e procurar adequar o seu negócio à uma nova realidade. Afinal, o imediatismo e o frescor da internet são a sua grande característica. Vale ficar antenado a tudo que acontece.

Boa leitura!.

Deixe um comentário.